O Que São Dividendos E Como Viver Deles

Dividendos são proventos pagos pelas empresas para seus acionistas. A possibilidade de construir uma renda mensal ou de enriquecer através deles chama atenção de muita gente.

Se você está buscando aprender mais sobre ações e investimentos na bolsa de valores, é provável que tenha se deparado com o termo, ou até mesmo que já tenha certa noção sobre o que são dividendos.

De qualquer forma, nesse artigo você encontrará uma explicação precisa e concisa sobre o tema, que te permitirá ter uma visão geral sobre onde os dividendos se encaixam em uma estratégia de investimentos e como montar uma carteira que te permita viver deles.

homem mostrando processo de enriquecimento com dividendos
Descubra nesse artigo como enriquecer com dividendos.

O Que São Dividendos Afinal?

Toda empresa compartilha seus lucros e resultados com seus sócios, a não ser que ela defina reinvestir esses lucros. Na bolsa de valores isso não é diferente, na verdade, funciona de forma mais óbvia. 

No Brasil, a Lei das S/As de 1976 regulamenta que todas as empresas listadas na Bolsa de Valores devem distribuir um percentual de seus lucros de pelo menos 25%. Ou seja, pelo menos isso elas não podem optar por reinvestir e tem que compartilhar com todos os sócios.

Os dividendos são a principal forma de distribuição desse lucro aos acionistas e são depositados em suas contas de acordo com o número de ações que cada um possui.

Simples assim. No entanto, cada empresa opta por pagar dividendos de uma forma diferente, e algumas pagam bem mais do que o percentual obrigatório. Vamos entender isso melhor.

Como As Empresas Pagam Dividendos

Compreendeu o que são dividendos? Agora vamos ver melhor as diferentes formas como cada empresa pode pagá-los.

Percentual Dos Lucros Distribuídos

Em primeiro lugar deve haver lucros para que haja dividendos. Se a empresa não tiver lucrado, nada será distribuído. Caso haja lucro líquido, 25% ou mais serão compartilhados com os acionistas.

Empresas em estágios diferentes optam por distribuir percentuais diferentes de seu lucro. Uma empresa que está em constante expansão prefere usar a maior parte dos seus lucros para financiar seu crescimento, o que não é necessariamente ruim, pois caso esses planos deem certo, o valor de suas ações crescerá.

Por outro lado, empresas mais estabilizadas, tendem a pagar maiores dividendos, justamente para atrair e fidelizar investidores, para que eles não vendam suas ações em busca de uma nova oportunidade de valorização no mercado.

Essa definição não precisa ser sempre a mesma, sendo comum as empresas aumentarem o percentual de lucro dividido ao longo do tempo. 

Periodicidade Do Pagamento de Dividendos

Fica a critério também das empresas definir se pagará os dividendos de forma mensal, trimestral, semestral ou anual.

Esse fator é muito importante principalmente para os investidores com foco nos ganhos de curto prazo que não pretendem manter as ações por tanto tempo. 

Forma De Pagamento Dos Dividendos

Dividendos são normalmente pagos em dinheiro mas também podem ser pagos em forma de ações novas ou direitos de propriedade.

Anúncio e Datas Importantes

A data de anúncio é a data em que a empresa avisa ao mercado quando fará o pagamento dos dividendos daquele período e quanto pagará por ação.

Para isso é também definida uma data referência, chamada de data Ex. Somente os que tiverem ações da empresa nessa data terão direito a receber os dividendos.

Por último, temos a data de pagamento, que é quando os dividendos serão de fato creditados.

Dividend Yield

Esse número é um múltiplo super interessante usado para entender se a empresa é uma boa pagadora de dividendos e calcular com facilidade o quanto ela paga. 

O Dividend Yield é um número que representa qual porcentagem do valor da ação aquela empresa paga em dividendos em determinado período.

Isso quer dizer que uma empresa com Dividend Yield anual de 6%, paga em média 6% do valor de suas ações em forma de dividendos por ano. Digamos que uma ação dessa empresa custe 50 reais. Isso quer dizer que para cada uma ação que você tiver dela, receberá naquele ano 3 reais em dividendos.

Pense comigo, de nada adianta uma empresa distribuir 60% dos seus lucros no pagamento de dividendos mas ter um lucro muito baixo. Logo o Dividend Yield é uma variável melhor do que o percentual de pagamento para entender rapidamente quão boa pagadora de dividendos uma empresa é.

Impostos Sobre Dividendos

Como os dividendos são uma distribuição do lucro líquido da empresa, eles não estão sujeitos a imposto de renda, visto que esse lucro já foi taxado.

Outros Tipos De Proventos

É importante mencionar que o dividendo é um tipo de provento (forma de distribuição de resultados) mas não é o único. Vamos listar alguns outros tipos de provento.

Bonificação

Acontecem quando um pagamento extra é feito em forma de ações para o acionista.

Dividendo especial extraordinário

Pago por conta de motivos inesperados como aumentos repentinos de caixa.

Juros sobre capital próprio

Muito semelhante ao dividendo, porém não isento de impostos para o investidor porque entra na contabilidade da empresa como despesa.

Direitos de Subscrição

Quando a empresa emite mais ações, acionistas tem direito de comprá-las antes do mercado para manter sua mesma proporção da sociedade. O que é interessante, pois muitas vezes essas ações são oferecidas a um preço abaixo do das que estão no mercado.

Esse direito deve ser usado dentro de um prazo, ou vendido.

o que são dividendos e como eles podem te ajudar a enriquecer.
Dividendos ocupam lugar privilegiado em estratégias que buscam o enriquecimento no longo prazo.

O Lugar Dos Dividendos Em Sua Estratégia De Investimento

Os dividendos e as empresas que são boas pagadoras de proventos tem um lugar especial nas estratégias de investimento com foco no longo prazo e na construção de uma renda passiva no futuro.

A ideia é através da bolsa de valores se tornar sócio de empresas que remunerem bem seus acionistas, sempre reinvestindo os dividendos para enriquecer cada vez mais. Essa é uma estratégia tradicional que dirime bastante os riscos de operar em renda variável.

É importante lembrar que existem estratégias que visam assumir riscos maiores para obter lucros maiores dos que os tradicionais do mercado e enriquecer mais rapidamente.

Dentro dessas estrategias, muitas vezes o pagamento de dividendos é uma prioridade secundária, visto que as empresas que melhor pagam dividendos costumam ser muito bem estabelecidas e não apresentar muita variação no valor de suas ações.

Uma estratégia mista buscará construir uma carteira capaz de vencer duplamente, tanto através de dividendos, quanto através do valor crescente das ações de empresas em crescimento.

É importante conhecer bem o seu perfil de investidor, e ter bem claros os seus objetivos para escolher sua estratégia. Nunca é demais ressaltar que antes de investir em renda variável você deve investir em si mesmo para saber o que está fazendo e não se decepcionar.

Afinal é Possível Viver de Dividendos?

Sim, é claro que é possível. Você já entendeu o que são dividendos, e sabe que não são coisa de outro mundo. Mas isso depende do quanto você gostaria de ter para viver, e o quanto dinheiro você precisará ter investido para chegar lá.

Vamos fazer um exercício prático e simples para entender isso. Em 2019 o Dividend Yield médio das empresas que fazem parte do IBOVESPA foi de 3%. Com base nesse número, podemos estimar quanto dinheiro em média você precisaria ter investido para obter uma renda de 4000 reais por mês apenas de dividendos.

Para isso, você precisaria tirar 48 mil de dividendos em um ano, e com um Dividend Yield médio de 3%, você precisaria ter 1 milhão e 600 mil reais em investimentos. Achou muito? 

Lembre-se que esse calculo foi feito usando o Dividend Yield médio das ações mais negociadas da bolsa, e nem todas elas são boas pagadoras de dividendos.

É perfeitamente possível montar uma carteira com foco em dividendos com um Dividend Yield de 6,5%, por exemplo, e obter os mesmos 48 mil reais por ano em dividendos com apenas 734 mil reais investidos.

Lembre-se que não estamos considerando nessa análise o quanto seu dinheiro se valorizaria durante aquele ano. O IBOVESPA rendeu um acumulado de 33% em 2019, o que quer dizer que aqueles 1,6 milhões de reais teriam se tornado em mais de 2 milhões no fim do ano. Nosso investidor hipotético receberia ainda mais dividendos em 2020.

Leve em consideração que 2019 foi um ano muito positivo para a bolsa brasileira, e essa performance não se repete sempre, em alguns anos ela é até negativa.

O que podemos concluir dessa experiência prática? 

Primeiramente que é possível viver de dividendos, e mais fácil ainda viver de renda, no entanto, as coisas começam a ficar interessantes a partir dos 600 mil reais investidos.

Note que a partir desse valor já dá pra tirar um bom salário com dividendos, e o próprio investimento se valorizaria ano após ano se tornando cada vez maior e rendendo ainda mais dividendos. Diferente do INSS, onde seu salário diminui com o passar do tempo.

Acha que isso está longe de ser sua realidade? Esperamos que a resposta seja sim. Tem duas formas de encarar a compreensão acima, uma é que qualquer pessoa que te prometa que ir do zero ao viver de dividendos é um processo rápido está mentindo. Mas a segunda, é que viver de dividendos é possível para qualquer pessoa. 

Releia a última frase. Agora deixa eu te mostrar como.

Como Viver de Dividendos

Agora que você já sabe o que são dividendos fica fácil responder essa pergunta. A reposta curta é: enriquecendo.

Enriquecer de forma a ter os valores que mencionamos acima. Conquistar sua liberdade financeira. Ser milionário, no sentido de ter pelo menos 1 milhão em investimentos. 

Qualquer pessoa pode fazer isso.

Não fique com raiva ou me chame de lunático, não sou eu que estou falando. Essa declaração foi dada pelo bilionário Luis Barsi, o maior investidor pessoa física do Brasil, que veio da pobreza e enriqueceu através de ações. 

Numa entrevista com a exame esse ano, Luis compartilhou mais uma vez sua estratégia que é muito simples, e completamente focada nos dividendos.

Ela consiste em focar em empresas que são boas pagadoras de dividendos, aportar sempre, e reinvestir os dividendos até enriquecer. 

Observe a declaração do investidor: “Eu trabalhava e tinha a minha renda, então tudo o que eu ganhava em dividendos eu usava para reaplicar nas ações, além de novos aportes de parte do meu salário.”.

Um simples cálculo matemático prova que Barsi está certo quando diz que basta ter disciplina na aplicação e o foco correto para viver de renda no futuro.

Um investidor saindo do zero e aportando 600 reais por mês terá 600 mil em 20 anos, se conseguir um rendimento de 12,7% ano ao para sua carteira. Uma média razoável. 

Reinvestindo todos os dividendos desses anos todos, ele certamente seria milionário. Por isso não é loucura afirmar que qualquer um pode enriquecer e viver de dividendos. Só é necessário disciplina e paciência.

Você nem precisa começar com 600 reais, comece com o que pode, mas faça todo mês e se esforce para aumentar seus rendimentos mensais para acelerar o processo. Todos os que tiverem disciplina chegarão lá.

homem pronto para ganhar muito dinheiro
Ganhar mais dinheiro é o primeiro passo. Você está pronto?

Como Aumentar Seus Rendimentos Mensais

A fórmula do enriquecimento pode ser resumida em ganhar mais, gastar menos e investir bem.

Muitas pessoas estão pesquisando sobre investimentos de longo prazo o que é ótimo, contudo o verdadeiro desafio da maioria está em conseguir gerar mais dinheiro no curto prazo para investir no futuro, ou seja ganhar mais.

Se isso faz sentido para você, eu gostaria de te apresentar outras modalidades de investimentos, capazes de se transformar em uma nova fonte de renda para você para acelerar seu enriquecimento. 

Em meu artigo “Onde Investir Dinheiro”, falo sobre opções de investimento que oferecem altos ganhos no curto prazo, e que se tornaram o ganha-pão de muitos nesse tempo de crise. 

Se gostou desse artigo sobre o que são dividendos, quero te convidar a explorar o meu blog, estou aqui para te ajudar a potencializar seus rendimentos. Conte comigo!

Outros Artigos que Poderá Gostar de Ler

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar Chat
Iniciar Chat
Este mercado, sendo simples, não é fácil. Deixe seu EMAIL para acesso a Sinais e Curso.
Scroll to Top