O Universo e o Corona

O Universo e o Corona

O Universo e o Corona

Pequena história para meditar… O Universo e o Corona

Autor desconhecido

Corona: Universo, por que me pôs no pangolim?

Universo: Este animal, Corona, está em vias de extinção, e mesmo assim, os homens continuam a caçá-lo e comê-lo… Esta será a minha primeira lição.

Corona: Tudo bem, Universo. Por que você quer que isso comece na China?

Universo: China é o símbolo da globalização e produção em massa, meu querido. Este país está sobrepovoado, produz em massa e polui em massa…

Corona: É verdade, Universo. Mas isso é porque outros países também têm interesse financeiro, não é?

Universo: Sim, pequeno, é por isso que a tua missão será espalhar-te por todo o mundo, e principalmente em todos os países envolvidos neste sistema…

Corona: Que forma você vai me dar Universo?

Universo: Um vírus que vai infectar principalmente as vias respiratórias.

Corona: Mas porquê Universo?

Universo: Miúdo, você vê hoje em dia, os homens colocam o planeta em perigo. A poluição tornou-se muito importante, mas a humanidade não mede a sua magnitude. O que é mais simbólico do que a respiração, entendes Pequeno?

Corona: Sim, mas isso significa que vou ser perigoso universo?

Universo: Você não vai ser mais do que muitas outras doenças existentes, Pequeno, e você vai ser muito menos do que a própria poluição que faz milhares de mortos! Mas a diferença é que você vai ficar visível…

Corona: Tudo bem, Universo. Mas você acha que isso vai funcionar aí? Não entendo como.

Universo: Tens razão, rapaz. É por isso que eu vou te tornar muito contagioso, você vai se espalhar rápido, a velocidade de propagação será muito superior ao seu perigo.

Corona: Está bem, mas se eu não for assim tão perigoso, achas que eles vão ter medo de mim?

Universo: Oh, pequeno sim, confie em mim, é  com isso que eu conto para fazer evoluir as mentalidades: o medo. Só quando o homem tem medo é que ele muda…

Corona: Achas que sim?

Universo: Sim, Pequeno, e eu vou adicionar um contexto para amplificar o medo e as tomadas de consciência.

Corona: O quê, Universo?

Universo: O medo vai tão grande que você vai confinar as pessoas em casa, você vai ver. O mundo estará parado. As escolas estarão fechadas, lugares públicos sem ninguém, as pessoas não vão poder ir trabalhar. Cruzeiros, aviões, meios de transporte estarão vazios…

Corona: Ai Ai Ai Universo, você vai longe, o que você espera disso?

Universo: Que o mundo mude, Pequeno! Que a Terra Mãe seja respeitada! Que as pessoas tomem consciência da estupidez humana, das incoerências do seu modo de vida e tirem tempo para refletir sobre tudo isso… Que parem de correr, descubram que têm família e filhos, e tempo com eles. Que eles não possam mais recorrer a atividades exteriores porque elas estarão fechadas. Reconectar-se a si mesmo, à família, isso também, Pequeno, é essencial…

Corona: Mas vai ser perigoso. A economia vai desmoronar…

Universo: Sim, Pequeno, haverá grandes consequências económicas, mas o mundo tem que passar por isso. É tocando nisso também que o mundo irá tomar consciência das suas inconsistências de funcionamento. As pessoas vão ter que voltar a um estilo de vida minimalista, eles vão ter que voltar ás suas origens, e eu espero que também comecem a se ajudar mutuamente…

Corona: Como vou me transmitir?

Universo: Pelo contato humano. Se as pessoas se beijarem, se abraçarem, se tocarem…

Corona: Universo, isso é estranho, aí eu não te entendo, quer recriar laços, mas você afasta as pessoas?

Universo: Pequeno, veja hoje como os Homens funcionam. Você acha que a ligação ainda existe? Os laços passam pelo virtual e pelas telas. Mesmo quando eles passeiam, eles não olham mais para a natureza, mas para o smartphone deles, fora os beijos, não restava muito dos laços entre eles. Então eu vou cortar o que lhes restava. Ficando confinado em casa, sei que no início irão gostar de estar ligados no mundo virtual, mas que depois de vários dias saturarão, olharão, descobrirão que têm família, vizinhos… e que abrirão suas janelas para olhar à sua volta e comtemplar a natureza…

Corona: Você é duro, Universo, você poderia ter alertado antes de bater com tanta força…

Universo: Mas Corona, antes de você eu enviei muitos outros Pequenos, mas justamente estava muito localizado e não foi forte o suficiente…

Corona: Tens a certeza que os Homens vão entender desta vez?

Universo: Não sei Corona, espero…. A Mãe Terra está em perigo, se isso não for suficiente, farei tudo para salvá-la, há outros pequenos esperando, mas eu confio em você Corona. Os seus efeitos se farão sentir rápido, você verá a poluição diminuir e isso vai fazer eles refletirem. Os homens são muito inteligentes, eu também confio no seu potencial de despertar, no seu potencial de criação de um novo Mundo. Eles verão que a Poluição terá caído de forma drástica, que os riscos de escassez são reais, que o verdadeiro luxo já não é o dinheiro mas o tempo… É preciso um burn out mundial Pequeno, pois a humanidade não pode mais manter este sistema, mas está muito na emaranhada no sistema atual para tomar consciência…

É a sua vez…

Corona: Obrigado, Universo, então eu vou…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar Chat
Iniciar Chat
Este mercado, sendo simples, não é fácil. Deixe seu EMAIL para acesso a Sinais e Curso.
Scroll to Top